A importância do queneu em nossa trajetória - Reflexão - Artigos - Instituto Jetro

carregando...
Home > Artigos > Reflexão > A importância do queneu em nossa trajetória

A importância do queneu em nossa trajetória


Publicado em 23.02.2016

 "Disse então Moisés a Hobabe, filho de Reuel, o midianita, sogro de Moisés: Nós caminhamos para aquele lugar, de que o Senhor disse: Vo-lo darei; vai conosco e te faremos bem; porque o Senhor falou bem sobre Israel. Porém ele lhe disse: Não irei; antes irei à minha terra e à minha parentela. "E ele disse: Ora, não nos deixes; porque tu sabes onde devemos acampar no deserto; nos servirás de guia. E será que, vindo tu conosco, e sucedendo o bem que o Senhor nos fizer, também nós te faremos bem". Assim partiram do monte do Senhor caminho de três dias; e a arca da aliança do Senhor caminhou diante deles caminho de três dias, para lhes buscar lugar de descanso. 
Números 10:29-33

Estamos dispostos a pedir ajuda, auxilio para trilhar caminhos desconhecidos? O texto acima nos apresenta um Moisés ciente do seu chamado e consciente da sua limitação. Ao longo da caminhada cristã seremos testados no grau de orgulho que temos em pedir ajuda, ou ignorar e continuar trilhando um caminho desconhecido.

Todas as pessoas que obtiveram êxito em sua história de liderança usaram com maestria o auxílio de terceiro. Poderíamos pensar: Moisés recebeu o chamado e Deus daria a direção para o povo. O Chamado de Deus não desabilita a ajuda de outro igual para colocarmos em prática o projeto. Moisés insiste na presença do "queneu" Hobabe.

Hobabe conhecia perfeitamente aquele lugar, ele seria o guia que daria auxílio para o Líder Moisés. Liderança saudável reconhece sua limitação e não despreza a ajuda de um especialista em assunto que o líder desconhece. Isto aplica em qualquer área da liderança.

Onde está sua limitação? Seu desconhecimento? Tem um "queneu" esperando pelo seu convite.

Não desistir no primeiro não

Ao pedir auxílio Moisés recebe uma negativa de Hobabe, porém ele reitera a necessidade de um especialista para caminhar pelo deserto.

Saber compartilhar recompensas.

Moisés também faz uma promessa de recompensa ao "queneu" em compartilhar as benesses que o povo receberia do Senhor. A postura de Moisés nos faz refletir como temos nos comportado quando pedimos ajuda de um especialista? Ou em resposta poderemos dizer somente uma palavra: Deus te pague, agradeço pela sua ajuda.

Veja Moisés tem um comportamento diferente e podemos replicar esta condição para todos líderes que nos ajudam. Primeiro desafio é vencer o orgulho em perceber nossa limitação e na trajetória ao sermos beneficiados demonstrar o coração grato em compartilhar as recompensas. Na trajetória de Moisés quero destacar dois momentos da presença de "queneus".

Neste primeiro momento, quando necessitavam de um guia turístico especialista no deserto, Moisés não desistiu por convencê-lo a ajudá-los. Foi transparente em revelar a verdadeira necessidade e qual era o propósito da missão em caminhar pelo deserto.

Lição: Reconhecer nossa limitação e não ter orgulho em pedir auxílio para os especialistas. Ser transparente em declarar a necessidade e também afirmar que no momento da celebração o "queneu" também terá sua parte.

Já no segundo momento da liderança de Moisés, um "queneu", seu sogro Jetro, aparece para fazer uma visita.
Neste caso Moisés não pediu conselho, não pediu ajuda, não pediu nenhuma opinião, mas o "queneu" precisava falar.Moisés novamente tem um comportamento excelente em ouvir o conselho do "queneu" Jetro e com isto preserva não só a sua liderança como também a sua vida.

Em resumo podemos perceber que:
Devemos conhecer nossa limitação e pedir ajuda ao "queneu" que será sempre útil para nossa caminhada. Também não ignorarmos quando um "queneu" se apresentar para nos mostrar um direcionamento com o propósito de realinhar o modelo de liderança que temos aplicado. Sempre haverá um "queneu" para nos mostrar o desconhecido com também sempre haverá um "queneu" para realinhar nossa forma de liderança.

Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site http://www.institutojetro.com/ e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com

Leia Também
O velho pastor e o jovem pastor
Dar e receber conselhos - Todo cuidado é pouco
10 conselhos para fazer críticas com cuidado

URL: http://www.institutojetro.com/artigos/reflexao/a-importancia-do-queneu-em-nossa-trajetoria.html
Site: www.institutojetro.com
Título do artigo: A importância do queneu em nossa trajetória
Autor: Enoque Caló

Mais Lidos

carregando...

Comentários