Liderar com a mente e o coração das pessoas - Gestão de Pessoas - Artigos - Instituto Jetro

carregando...
Home > Artigos > Gestão de Pessoas > Liderar com a mente e o coração das pessoas

Liderar com a mente e o coração das pessoas


Publicado em 10.09.2013

Um dos papéis demandados pelos líderes atualmente é o de conectar as pessoas em termos de razão (mente) e emoção (coração, propósitos, princípios, valores).

É exercitar a inteligência social e compreender o poder de influência que as emoções exercem sobre as pessoas. Pesquisas recentes mostram que os liderados procuram no líder uma relação de apoio emocional, procuram clareza nos momentos de incerteza, ameaça ou mudança. Dessa forma, o papel do líder neste sentido é o de ser o guia emocional da equipe.

Estudos da neurociência comprovam que nossa estabilidade emocional depende muito das relações com as outras pessoas. Podemos perceber isso claramente nas relações sociais e familiares entre pais e filhos, início de namoro, num happy hour com colegas.

O British Medical Journal tem publicado frequentemente resultados de estudos referentes ao efeito das emoções na saúde de pacientes e o mais interessante, a reação desses mesmos pacientes em função das emoções transmitidas pelas pessoas que os visitam.

Um exemplo interessante são os efeitos em pacientes internados na UTI, que tiveram na pressão arterial e nos níveis de secreção dos ácidos gordos (que bloqueiam as artérias) uma melhora significativa quando se viam na presença reconfortante de outra pessoa. Outro dado interessante é que a taxa de mortalidade dos homens de meia idade que vivem socialmente isolados e que passaram por três ou mais incidentes graves (divórcio, perda de emprego, morte de algum ente querido, perda financeira, etc.) no período de um ano, triplica em relação aos que cultivam relações fortes e presentes.

Somos influenciados pelas emoções 

A circulação de sinais emocionais de uma pessoa para outra têm o poder de alterar os níveis hormonais, a função cardiovascular, o ritmo do sono e até a função imunológica do corpo da outra pessoa (alterando nossa fisiologia e consequentemente influenciando nossas emoções).

Outro apontamento feito pela mesma entidade demonstrou que pessoas com ritmos diferentes colocadas na mesma sala, ficam com seus perfis fisiológicos espantosamente semelhantes em aproximadamente quinze minutos. O mesmo ocorreu quando foram colocadas pessoas que não se conheciam e com ritmos diferentes na mesma sala porém, sem que houvesse a comunicação verbal. Essas pessoas ficavam em silêncio, apenas demonstrando suas emoções por meio de sinais não verbais e o resultado foi de que a semelhança de seus perfis fisiológicos ocorriam não em quinze minutos, mas em torno de dois minutos.

Imagine as alterações que vivenciamos em nosso ambiente de trabalho quando um colega chega feliz na segunda-feira ou quando outro chega infeliz, o que ocorre quando o humor do chefe não está lá essas coisas ou quando um auditor está presente. Essa mesma pesquisa mencionada realizou um experimento com 70 equipes diferentes em reuniões de trabalho durante o período de duas horas e os resultados foram muito parecidos. É impressionante o quanto somos influenciados pelas emoções das outras pessoas à nossa volta.

Outra pesquisa realizada pelo Instituto Gallup com 2 milhões de empregados em 700 empresas revelou o efeito negativo da circulação de sinais emocionais de uma pessoa para outra no ambiente profissional, fazendo a correlação entre mercados aquecidos X duração de relação laboral e uma das conclusões foi: profissionais que têm, por meio do líder, circulação de sinais emocionais negativa tem uma probabilidade 4 vezes maior de trocar de emprego do que aqueles que tem circulação de sinais emocionais positiva em consideração ao líder.

Como você tem percebido suas emoções principalmente no ambiente de trabalho, com seus colegas e superior imediato?

Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade do título, dos textos, mencionado o autor e o site http://www.institutojetro.com/ e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com.

Leia Também:
Espiritualidade quando tudo sai do controle
O autocontrole do líder
Resiliência

URL: http://www.institutojetro.com/artigos/gestao-de-pessoas/liderar-com-a-mente-e-o-coracao-das-pessoas.html
Site: www.institutojetro.com
Título do artigo: Liderar com a mente e o coração das pessoas
Autor: Alberto Ruggiero

Mais Lidos

carregando...

Comentários