Gestão de Pessoas - Artigos - Instituto Jetro

carregando...
Home > Artigos > Gestão de Pessoas

Artigos » Gestão de Pessoas

  • Rodolfo Garcia Montosa

    Por mais aceitação

    Surge o dilema: se confirmar sua morte fica evidente que não tem compaixão pelas pessoas. Se recusar a morte, estaria rejeitando toda a lei de Moisés. O que fazer? Enquanto todos têm sua atenção para o Mestre, Jesus volta sua atenção para a mulher.

  • Helerson Alves Nogueira

    A regra de ouro e o egoísmo razoável!

    A Regra de Ouro não era uma novidade para os discípulos. Jesus a colocou de maneira mais pró-ativa e consciente. O que significa o nível intermediário? Como ser diferente, impactando e transformando a nossa geração?

  • Miriam Cristina Fava Santos

    Lugar de homem e lugar de mulher

    Realmente muitas coisas mudaram, mudamos? Um pouco? Muito? Talvez não o suficiente para ser um homem e mulher totalmente novos. Somos figuras desconexas de um passado distante, passado próximo e de um exigente futuro.

  • Rafael Favil Santos

    Atendimento pessoal nas organizações

    O ser humano como ser integral: corpo, alma e espírito, dificilmente conseguirá separar uma situação de sua vida pessoal do seu desempenho profissional. Aquele velho lema "deixe os problemas de casa do lado de fora da empresa" já foi desmistificado.

  • Maria Ines Felippe

    Comprometimento

    Como as empresas podem querer comprometimento dos colaboradores se elas negligenciam a conduta humana. Praticam a frase: Quem não se sujeita, não se ajeita. A obediência externa leva ao envolvimento, já a obediência interna leva ao comprometimento.

  • Layne Soares Araújo Ribeiro

    A arte de aprender

    Jesus produziu em sua passagem pela terra e continua a produzir naqueles que Nele crêem as conexões e interconexões fundamentais que auxiliam a prática da arte de depender, independer e interdepender.

  • Roseli Kühnrich de Oliveira

    Desesperar jamais!

    Começa-se um ministério pensando nos sonhos de realização profissional, relacional, afetiva, entre outros que habitam o imaginário humano. Aposta-se na bondade humana, nas igrejas engajadas e por aí vai. Mas e agora?

  • Eunice Pedroso Moraes Assumpção

    De blindagem e couraças

    Frente ao perigo, muitos líderes desenvolvem estas proteções emocionais, aparentemente figuradas como insensibilidade, porém esta é uma tendência que esconde o oposto, uma supersensibilidade.

  • Rafael Favil Santos

    Entenda o que é remuneração indireta

    A remuneração indireta acontece por meio da oferta de benefícios aos colaboradores. Esses benefícios podem variar de acordo com a quantidade de pessoas envolvidas na organização e traz inúmeros retornos positivos.

  • Rafael Favil Santos

    Entenda o que é remuneração direta

    A mais conhecida forma de remuneração é a fixa, ou seja, o salário no final do mês. No entanto, uma remuneração variável pode ser uma alternativa que traz motivação e alto desempenho. Leia aqui como funciona e quais as vantagens que ela oferece.

  • Rafael Favil Santos

    Entenda o que é treinamento e desenvolvimento

    Independentemente do porte ou da área de atuação das organizações, a prática de treinamento e desenvolvimento deve ser constante. Não podemos deixar de lado essa necessidade e acreditar que o bom senso das pessoas irá levar a organização adiante.

  • Ana Maria Rédua Giamarino

    Como eu me vejo, como você me vê

    Quando as pessoas podem se relacionar livremente, ajudando umas às outras, isto gera não somente amadurecimento, mas também crescimento emocional e espiritual, que produz bons frutos para igrejas sólidas e sadias que queremos ser.

voltar    01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11     próximo